UMA PALAVRA PODE VALER POR MIL IMAGENS

Em tempos de velocidade virtual e uma enxurrada visual diária de centenas de imagens, a palavra continua valendo, e muito.
Em um anúncio, currículo, notícia, mala direta,  numa mensagem de e-mail, twitter ou celular o conteúdo ainda faz toda a diferença. Por séculos os japoneses desenvolveram  a poesia e o zen em poemas de três linhas e dezessete sílabas, os haikais. Eles atravessaram fronteiras de línguas e costumes  e são ainda conhecidos em todo o mundo por milhares de pessoas que lêem, relêem e continuam interpretando significados ocultos nestas poucas palavras.
Os cento e quarenta caracteres de um twitter podem conter muita coisa. Escrever mais nunca quis dizer escrever melhor. A força de um título, de uma frase ou pensamento pode espalhar-se de forma viral na internet ou no boca a boca. A recriação da linguagem acontece a cada momento. A internet vive basicamente da palavra, do diálogo. É preciso saber dizer, usar os meios, pelas redes, pelas formas, mas principalmente é preciso ouvir, ver o retorno, manter o diálogo. Uma única reposta entre milhões terá  valor de ouro. Na web a cauda é longa e as palavras ainda tem o poder de fazer mágica

Postagens mais visitadas deste blog

Novo Projeto - Jogo com Aventura e Ecologia

Escritores na Era Digital - Quem somos e para onde vamos?

Viagens, Bicicletas e Caminhos