Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2013

A Aventura de Escrever e Publicar

Escrever e publicar algo é como abraçar folhas em branco. Tentamos nos colocar inteiros ali e realmente passar algo.
Para escrever muitas vezes abrimos nossos baús, malas e caixas, soltando fantasmas e correndo atrás deles para entender seus significados. 
Ou são nossas memórias e angústias que nos assombram querendo ser ouvidas, entendidas e decifradas.
Nem todos conseguem enfrentar e superar bem este processo. Mas enfrentá-lo e transformá-lo em algo novo pode ser uma experiência renovadora, mesmo com toda dor, enfrentamento, dúvida ou desespero.

O que pode ser gerado sempre terá valor, irá criar seu caminho e sua vida própria, independente do autor. 
Este é o desafio da arte e de todos criadores. Só tomamos conta até certo ponto. E nunca sabemos exatamente o resultado final.
E mais, você pode vivenciar este processo de perto, através de um amigo ou amiga, companheiro ou companheira, e acompanhar muito de perto este processo.
Pode respingar tinta, pedras, farpas mas também a alegria…

Certezas, Barcos e Viagens

Imagem
Certezas costumamos ter muitas. Mas na maioria das vezes esquecemos delas.
O tempo passa e fica um eco de algumas que permanecem.
Nem sempre as escutamos ou reconhecemos no meio de coisas entulhadas ou abandonadas. Amamos, odiamos, desprezamos ou ignoramos tantas coisas, pessoas ou sentimentos que até esquecemos as circunstâncias de cada uma delas.
Mas é bom saber que talvez estejamos aqui, em certo ponto, neste lugar e nesta etapa da vida com alguma sensação no peito, em função de uma ou mais delas.
Como bússolas que nos orientam magneticamente, mesmo sem nossa interferência. Elas apenas apontam o norte, o resto é conosco.
Certezas chegam e passam. Pelos milhares de pensamentos que nos rodeiam e o tempo todo tentam fixar algo em nossas mentes. 
Nós mesmos nos transformamos e voltamos na mesma pele em muitas variações do mesmo tema. Às vezes sem lembrar como tudo começou.
Como um barco que chega em determinado porto ou baía. 
Parte dele foi construída por nós, mas não o vento, nem as…