Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2010

UMA PALAVRA PODE VALER POR MIL IMAGENS

Em tempos de velocidade virtual e uma enxurrada visual diária de centenas de imagens, a palavra continua valendo, e muito.
Em um anúncio, currículo, notícia, mala direta,  numa mensagem de e-mail, twitter ou celular o conteúdo ainda faz toda a diferença. Por séculos os japoneses desenvolveram  a poesia e o zen em poemas de três linhas e dezessete sílabas, os haikais. Eles atravessaram fronteiras de línguas e costumes  e são ainda conhecidos em todo o mundo por milhares de pessoas que lêem, relêem e continuam interpretando significados ocultos nestas poucas palavras.
Os cento e quarenta caracteres de um twitter podem conter muita coisa. Escrever mais nunca quis dizer escrever melhor. A força de um título, de uma frase ou pensamento pode espalhar-se de forma viral na internet ou no boca a boca. A recriação da linguagem acontece a cada momento. A internet vive basicamente da palavra, do diálogo. É preciso saber dizer, usar os meios, pelas redes, pelas formas, mas principalmente é preciso…

INTERNET É COLABORAÇÃO E O VALOR DE COMPARTILHAR

Imagem
O grande  lance da internet é ensinar que o grátis tem muito valor. Ela nos ensina que ao compartilhar e dividir conhecimento todos saem ganhando.
O que importa mais não são as redes sociais em si, mas as pessoas trocando, discutindo, colaborando, comentando, criando uma rede de solidariedade. O indivíduo aqui é maior do que qualquer rede em si. , facebook,  twitter ou o próximo novo mecanismo de interatividade.  Ninguém detém este mercado, apenas as próprias pessoas.
As empresas e empreendedores tem muito a  aprender com isso. Para atender  à necessidade dos outros e às nossas próprias precisamos compartilhar o que sabemos, conhecimento, tecnologia , informação. Temos muito que aprender. Em negócios, relacionamentos com clientes, parcerias, com empresas, fornecedores, instituições.
Na comunicação precisamos usar este recurso para transmitir informações úteis de links, fontes diversas, livros, filmes, bibliotecas e outras pessoas. É essencial  ser transparente e estar sempre dispost…

FUTURO SEM TEMPO OU ADAPTANDO-SE A CADA MOMENTO

Se um cliente ou uma empresa me perguntar o que pode fazer para mudar sua comunicação, provavelmente vou dizer “tudo”. Porque o que parecia certo antes agora torna-se frágil,  repetitivo, vazio.  Mudar é bom, é recomeçar, renovar energias.  Adaptar-se a uma constante mudança é a filosofia de um tempo em que a velocidade da realidade acelera sem fim. Tudo agora envolve a imagem, a reputação da empresa ou profissional,  e sua comunicação. Tudo é mídia: a marca, o funcionário, o atendimento, a qualidade do serviço/produto, o escritório, a loja, o e-mail, a embalagem, o cartão.
A internet ensina na prática; manda a objetividade. Páginas simples, facilidade de navegação, transparência de informação. Canal direto, saber ouvir, saber responder. O melhor design é limpo, despojado.  As melhores ideias vem também em embalagens simples. A filosofia oriental desenvolveu esta sabedoria de redução em milênios de prática.
Temos que tirar o excesso, esvaziar armários e gaveta. Tirar o pó da própria …