Pular para o conteúdo principal

Comece já 2012!



A mudança de ano pode trazer boas notícias ou oportunidades, mas você precisa estar preparado para isso. Em sua empresa, carreira ou projeto, concentre-se nas boas energias e inicie um movimento positivo para si mesmo.

Seguem algumas dicas para você aproveitar melhor o seu novo ano:

1) Mova-se
Estar em movimento é estar pronto para a mudança e a descoberta. Aproveite bem o pique e a expectativa  de quem está começando. Novas ideias e desafios são o melhor combustível.

2) Faça
Sair na frente é uma vantagem. Não espere as coisas acontecerem. Tome iniciativa. Tire os projetos da gaveta. Sonhe alto. Arrisque.

3) Planeje
Não pense apenas no presente. Estabeleça metas a médio e longo prazo. O que vai ser daqui a dez anos começa agora.  Visualize longe e saiba a direção certa a tomar.

4) Conecte-se
A internet é a forma mais rápida e direta de atingir um maior número de pessoas. Use as redes sociais para divulgar  seu trabalho, suas ideias, serviços ou projetos. Ao ampliar suas conexões, tudo que você fizer terá maior visibilidade.

5) Escute
Observe tudo à sua volta. Avalie sua posição, imagem e reputação. Entenda melhor o que os outros pensam ou esperam de você. Melhore seus canais de comunicação e relacionamento. Faça uma autocrítica e pense no que pode ser melhorado.

6) Interaja
Conheça novos espaços e ambientes. Participe de cursos e eventos. Prospecte novos clientes e empresas. Mostre o que você tem de melhor. Se exponha mais, acreditando no que faz. Seja sincero e saiba correr riscos.

7) Compartilhe
Descubra boas informações, fontes, parcerias e divida isso com outros. Pessoas e empresas estão valorizando cada vez mais a troca de ideias. O trabalho conjunto traz mais benefícios do que a competição. Quem se dispor a trocar e aprender mais acompanhará melhor as mudanças.

8) Renove-se
Procure sempre fazer mais e melhor. Tente simplificar o que parece complexo. Avalie rotinas, questione processos. Não repita formulas. Use sua experiência e intuição para buscar novas opções. Nunca é tarde para mudar de rumo.

Estas são algumas dicas para você aproveitar ao máximo esta mudança que se aproxima.
Faça este ano de 2012 acontecer, desde agora!

A Melhor Estratégia é Fazer.  Se você quer  preparar uma apresentação, publicar um ebook montar um blog ou investir em marketing digital, entre em contato.


Postagens mais visitadas deste blog

Novo Projeto - Jogo com Aventura e Ecologia

Olá amigos e amigas,

Após 18 meses de desenvolvimento, Sobrevivência na Amazônia - está na fase final de desenvolvimento. É um projeto independente de boardgame que procura combinar aventura e ecologia. Ele será lançado em financiamento coletivo - em breve. Na página dele serão dadas notícias e informações do andamento do projeto. O vídeo de lançamento dá uma ideia do conceito geral. Conto com o apoio de todos para divulgar e compartilhar!



#boardgame #amazonia #ecologia

Escritores na Era Digital - Quem somos e para onde vamos?

Caros amigos(as) Estou realizando uma pesquisa sobre o "Escritor(a) na Era Digital". Elaborei algumas perguntas e um questionário na web (via Google Docs). A pesquisa tem como objetivo levantar informações sobre: ser escritor(a), rotinas de escrita e leitura, meios de publicação, divulgação e presença na web. Espero com as respostas poder fazer um quadro de como os escritores/escritores estão se posicionando/adaptando neste momento de tantas transformações. Conto com seu apoio e participação

Segue o link:
http://goo.gl/forms/0JTYDWOAzPTl6Cjj2

Qualquer dúvida falem comigo:


att

Roberto Tostes

Quando pessoas viram marcas e marcas viram pessoas

Vivemos em uma época em que cada vez mais marcas querem parecer humanas e pessoas querem se tornar tão fortes quanto marcas. Isso não deixa de trazer uma certa contradição. Empresas e corporações nunca terão a imagem espontânea de pessoas de verdade. E pessoas, mesmo famosas e conhecidas, podem cair em armadilhas quando se preocupam demais com marketing, público-alvo e poder de vendas. Quando foram criadas, muitas marcas nasceram da iniciativa individual de empreendedores que construíram negócios como Ford, Hewlett-Packard (HP), Ferrari, Johnson, Granado (Brasil) e outras pessoas. Depois do auge da era industrial, as fábricas passaram a entrar em um processo mecanizado, produção em série, grandes unidades e produção em massa. As marcas modernas substituíram as antigas relações diretas entre o artesão e o consumidor, da loja ou do armazém da esquina. Para conquistar e fidelizar essa massa de consumidores vieram os recursos de marketing, design e publicidade. Os anos 50 mostram bem isso…