PCs,MACs,DESIGN,VIDA E SIMPLICIDADE



Já ouvi certa vez, uma alma não se divide ao meio.

No meu caso aconteceu de verdade. Usuário de PC há décadas, comprei um iMac.

Já tinha usado uma vez ou outra, sempre admirei.  Mas ter um computador da Apple que é seu,  muda a realidade. Olhar aquela tela super nítida e tocar na maciez daquelas teclas sabendo que é essa sua nova rotina, é uma outra história.

Posso falar sem rodeios. A lógica do PC é confusa, caótica. O Mac é objetivo, simples.

O PC pode quebrar um galho e até fazer milagres. Mas o Mac faz isso com muito menos esforço.

Às vezes me acho complicado, confuso e caótico, como um PC. Espero um dia encontrar o caminho da objetividade e da  simplicidade de um design Apple na minha própria existência.

O meu problema agora é a fidelidade canina com as coisas, pessoas, sonhos e idéias.  É também um pouco daquela resistência a mudanças que todo mundo tem.

Eu e a filosofia PC temos nossa história juntos. Desesperos e vitórias apesar de todos os erros, travamentos, mensagens estanhas, telas azuis e todas aquelas esquisitices windowsianas.

Enfim, essa história não termina com uma escolha porque não dá para comparar.

Não é questão de troca de computador. Meu PC continua ali do lado do iMac. Quem vai usar o PC agora é meu corpo, enquanto minha alma está no Mac.

É um jeito de ser novo e que te dá um certo orgulho e sensação de poder, mas também te desafia. 

Tchau PC, alô Mac. Vivam os desafios e mudanças!

Mâos à obra!  ; )

@robertotostes

P.S: Valeu @malumoraes pelo incentivo!

Postagens mais visitadas