Pular para o conteúdo principal

Comece Bem 2013!


Não faça como a maioria do país que entra no vácuo estático de vários meses de férias e carnaval. Use este primeiro momento do ano para se organizar e preparar melhor o que pode acontecer depois.

 Seguem algumas dicas essenciais para profissionais e empresas começarem o novo ano em ritmo produtivo:

1) Avalie Pessoas e negócios

Aproveite para avaliar bem as relações e trabalhos que valeram mais a pena no ano que passou. Invista seu tempo e atenção nas pessoas que você tem mais certeza de retorno e contrapartida.

2) Dê Valor ao seu tempo

Pense em como melhorar sua agenda. Considere o equilíbrio de atividades para a carreira ou negócio e também para saúde e seu bem estar. Para ser mais produtivo não é preciso correr o dia todo, basta ser mais objetivo e priorizar tarefas.

3) Trabalhe mais em equipe

Ficar menos tempo sozinho, ouvir mais os outros e participar de projetos colaborativos ou de caráter social ampliam a mente e renovam suas ideias. Não acumular trabalho em excesso e dividir tarefas e responsabilidades é importante no desempenho de qualquer um.

 4) Leia e estude mais

Com a tecnologia mobile já podemos ler mais em celulares, tablets e laptops. Aproveite todo tempo livre na rua, salas de espera ou viagens para estudar mais. Este tipo de conhecimento vale muito mais do as que leituras rápidas e sem profundidade do dia a dia na web.

5) Atualize seu perfil 

Cuide de sua imagem on line. Faça uma autocrítica das redes sociais que participa. Confira se seu perfil está atualizado, se você tem participado de discussões importantes e pesquise maneiras de interagir e se colocar mais, fazer novos contatos, publicar textos ou opiniões, ficar mais visível.

6) Estabeleça metas 

Foque nas coisas de maior interesse e estabeleça uma estratégia e prazo para alcançá-las. Não se acomode na carreira em empregos ou negócios. Tente entender e acompanhar as mudanças externas e saiba se adaptar.

7) Evolua

Aja com a simplicidade de quem é aprendiz e tem gana de aprender. Ouça mais seus amigos, professores e ou mentores, saiba receber críticas e mudar para melhor.
Preste atenção em exemplos de profissionais e empresas que dão exemplo de inovação, visão, ética e humildade.

Comece o ano disposto a fazer mais, focado e acreditando em você, prestando muito atenção a tudo que acontece à sua volta. Você é quem faz seu tempo e seu futuro.


 Para se inspirar no Que Fazer em 2013: http://migre.me/cAt55

 @robertotostes

Postagens mais visitadas deste blog

Novo Projeto - Jogo com Aventura e Ecologia

Olá amigos e amigas,

Após 18 meses de desenvolvimento, Sobrevivência na Amazônia - está na fase final de desenvolvimento. É um projeto independente de boardgame que procura combinar aventura e ecologia. Ele será lançado em financiamento coletivo - em breve. Na página dele serão dadas notícias e informações do andamento do projeto. O vídeo de lançamento dá uma ideia do conceito geral. Conto com o apoio de todos para divulgar e compartilhar!



#boardgame #amazonia #ecologia

Escritores na Era Digital - Quem somos e para onde vamos?

Caros amigos(as) Estou realizando uma pesquisa sobre o "Escritor(a) na Era Digital". Elaborei algumas perguntas e um questionário na web (via Google Docs). A pesquisa tem como objetivo levantar informações sobre: ser escritor(a), rotinas de escrita e leitura, meios de publicação, divulgação e presença na web. Espero com as respostas poder fazer um quadro de como os escritores/escritores estão se posicionando/adaptando neste momento de tantas transformações. Conto com seu apoio e participação

Segue o link:
http://goo.gl/forms/0JTYDWOAzPTl6Cjj2

Qualquer dúvida falem comigo:


att

Roberto Tostes

Quando pessoas viram marcas e marcas viram pessoas

Vivemos em uma época em que cada vez mais marcas querem parecer humanas e pessoas querem se tornar tão fortes quanto marcas. Isso não deixa de trazer uma certa contradição. Empresas e corporações nunca terão a imagem espontânea de pessoas de verdade. E pessoas, mesmo famosas e conhecidas, podem cair em armadilhas quando se preocupam demais com marketing, público-alvo e poder de vendas. Quando foram criadas, muitas marcas nasceram da iniciativa individual de empreendedores que construíram negócios como Ford, Hewlett-Packard (HP), Ferrari, Johnson, Granado (Brasil) e outras pessoas. Depois do auge da era industrial, as fábricas passaram a entrar em um processo mecanizado, produção em série, grandes unidades e produção em massa. As marcas modernas substituíram as antigas relações diretas entre o artesão e o consumidor, da loja ou do armazém da esquina. Para conquistar e fidelizar essa massa de consumidores vieram os recursos de marketing, design e publicidade. Os anos 50 mostram bem isso…