Lições de Marketing do Twitter


Nem todas as histórias de sucesso são feitas de acertos e sacadas genais.
Traduzir a paixão das pessoas em produtos e serviços sempre será o grande desafio do marketing.
A história do Twitter é um exemplo do que as pessoas e os mercados  realmente desejam e alguns poucos conseguem adivinhar e realizar.

O projeto inicial dos seus fundadores era de uma rádio na web.  Apesar da boa recepção não conseguiram usuários suficientes, e a ideia foi abandonada.

Após reuniões internas e mudanças de sócios e investidores, quem continuou optou por um projeto totalmente diferente e que chegou à semente do que é a ferramenta hoje.

Testando e aprimorando

O projeto inicial era para uma comunicação instantânea entre amigos usando celulares e somente via sms. Para baratear o custo, estabeleceram o limite teto de 140 caracteres e sem o uso de vogais. Apesar das limitações, eles perceberam nos testes pelo interesse das pessoas que a ferramenta tinha grande potencial.
Ao fazer uma versão para ser usada também em computadores  e tirar a limitação de uso das vogais é  que eles perceberam que o potencial da ferramenta ficou ainda maior e mais dinâmico. O nome também encaixou perfeitamente com o estilo do produto.

Sabendo lançar e valorizar o produto

Os criadores decidiram lançar o Twitter em um festival de música e filmes focado em tecnologia (SXWS). Colocaram duas telas de 60 polegadas que passavam instantaneamente as mensagens trocadas entre os usuários. A estratégia foi um sucesso, resultando em milhares de novos usuários em poucos dias, e a partir daí o aplicativo estourou na web.

Contra todos as previsões de que não ia durar, a ferramenta se propagou no mundo todo sem precisar se vender ou abrir espaço para publicidade  O Brasil se tornou um dos lugares com maior número de usuários.

Qual é a fórmula do sucesso?

Para seus fundadores, o diferencial do Twitter é sua rapidez e potencial de disseminação. Além de poder criar e montar sua própria rede, qualquer um pode mandar uma mensagem instantânea para o mundo. Você pode dizer o que pensa e o que acha de qualquer coisa.
Serve para expressar as emoções de uma pessoa, divulgar links, promover empresas e projetos e reforçar ações combinadas de mídia.

Mesmo enfrentando grandes empresas como Google, Facebook, Youtube e outros
ele conquistou seu espaço e respeito.

Aquilo que poderia ser uma limitação tornou-se uma qualidade. A obrigação de reduzir  para ser objetivo, simples e rápido tornou-se o diferencial da ferramenta.

O uso de @ para identificar usuários , de tags para assuntos e palavras–chave e a criação dos top trends foram outras inovações da ferramenta que acabaram incorporados por outros aplicativos.

Comunicação veloz e eficiente

Esta necessidade de se comunicar intensamente e rapidamente de forma personalizada é uma característica deste tempos acelerados da web. O Twitter apenas preencheu uma necessidade existente de diálogo e interatividade.

Outras empresas inovadoras virão e conquistarão seu espaço. Basta perceber as oportunidades,  saber fracassar, se adaptar e se renovar.

Postagens mais visitadas