Pular para o conteúdo principal

Por Que Precisamos Ler Mais?


Livros só existem em função de um possível leitor. Até hoje foi a maneira mais criativa e duradoura que inventamos de guardar palavras e ideias através do tempo.
Por isso em qualquer época, eles podem trazer soluções e conhecimento para vermos as coisas de forma diferente ou tentarmos mudar algo.
Seguem alguns motivos para estarmos sempre com algo em mãos para leitura :

1) Livros sempre nos induzem a algum tipo de reflexão.
Eles nos ajudam a abrir a mente e descobri coisas novas. Aprender nunca é tarde, nem pouco. Existem títulos para todo tipo de estilo, gosto e público.

2) Ninguém é obrigado a gostar de um livro.
Nunca se sinta obrigado a ler um livro até o fim se não está apreciando. Tente outro tema, estilo ou autor, descubra o seu gosto. Peça dicas a amigos ou conhecidos. Alguns sempre ficam na nossa memória e a maioria das pessoas gosta de compartilhá-los de alguma forma.

3) A chance de estudar aquilo que você sempre quis.
A velocidade das coisas faz com que seja necessário estar cada vez mais bem informado e se atualizar constantemente sobre um determinado assunto. Você não precisa de faculdade ou de um diploma para dominar um assunto que sempre te atraiu. Arregace as mangas e vá fundo, livros de especialistas na área serão sempre o melhor caminho.

4) Desistiu de procurar o que você realmente gostaria de ler?
Por que não escreve algo, então? Enfrente seus fantasmas, desenterre seus esqueletos, duvide de si mesmo, solte a imaginação, enfrente seus medos. O começar é sempre mais difícil, depois as palavras virão de qualquer forma. Quanto mais se quer escrever mais vê o quanto é importante ler.

5) Não consegue ler nada muito longo na internet?
Então desconecte e vá ler um livro. Não precisa ser novo, pode ser emprestado ser presente de alguém ou mesmo de uma biblioteca. Ao contrário da internet, onde tudo fica para trás ou se apaga em meio a toneladas de informação, bons livros a gente tem vontade de reler, sempre. E ainda assim, consegue descobrir coisas novas.


Não importa o momento ou época, alguns livros sempre terão a capacidade de parar nosso tempo.
Basta um lugar confortável, poltrona, cama, rede, sofá, e o piscar de uma folha que vira na nossa frente (em papel ou digital) para descobrir e viver novos mundos.

Palavras sempre fizeram bem ao nosso coração.
Elas nos acalentam e nos transformam, entre o sonho e a realidade, em algo sempre melhor.
Boa leitura!

@robertotostes



imagem:

https://www.flickr.com/photos/ozyman/443545349

Postagens mais visitadas deste blog

Novo Projeto - Jogo com Aventura e Ecologia

Olá amigos e amigas,

Após 18 meses de desenvolvimento, Sobrevivência na Amazônia - está na fase final de desenvolvimento. É um projeto independente de boardgame que procura combinar aventura e ecologia. Ele será lançado em financiamento coletivo - em breve. Na página dele serão dadas notícias e informações do andamento do projeto. O vídeo de lançamento dá uma ideia do conceito geral. Conto com o apoio de todos para divulgar e compartilhar!



#boardgame #amazonia #ecologia

Escritores na Era Digital - Quem somos e para onde vamos?

Caros amigos(as) Estou realizando uma pesquisa sobre o "Escritor(a) na Era Digital". Elaborei algumas perguntas e um questionário na web (via Google Docs). A pesquisa tem como objetivo levantar informações sobre: ser escritor(a), rotinas de escrita e leitura, meios de publicação, divulgação e presença na web. Espero com as respostas poder fazer um quadro de como os escritores/escritores estão se posicionando/adaptando neste momento de tantas transformações. Conto com seu apoio e participação

Segue o link:
http://goo.gl/forms/0JTYDWOAzPTl6Cjj2

Qualquer dúvida falem comigo:


att

Roberto Tostes

Quando pessoas viram marcas e marcas viram pessoas

Vivemos em uma época em que cada vez mais marcas querem parecer humanas e pessoas querem se tornar tão fortes quanto marcas. Isso não deixa de trazer uma certa contradição. Empresas e corporações nunca terão a imagem espontânea de pessoas de verdade. E pessoas, mesmo famosas e conhecidas, podem cair em armadilhas quando se preocupam demais com marketing, público-alvo e poder de vendas. Quando foram criadas, muitas marcas nasceram da iniciativa individual de empreendedores que construíram negócios como Ford, Hewlett-Packard (HP), Ferrari, Johnson, Granado (Brasil) e outras pessoas. Depois do auge da era industrial, as fábricas passaram a entrar em um processo mecanizado, produção em série, grandes unidades e produção em massa. As marcas modernas substituíram as antigas relações diretas entre o artesão e o consumidor, da loja ou do armazém da esquina. Para conquistar e fidelizar essa massa de consumidores vieram os recursos de marketing, design e publicidade. Os anos 50 mostram bem isso…