A LIÇÃO DE STEVE JOBS E O SUCESSO DA APPLE


Até hoje tem marketeiro analisando porque as últimas invenções da Apple sob a  batuta de Steve Jobs deram tão certo.  Uma vitória atrás da outra: iPod, iPhone, iPad. Estudam gráficos, dados, oportunidade, riscos, etc.

Analistas comentam como a Palm que dominava o mercado de palmtops e smartphones perdeu o bonde. Até Bill Gates da Microsoft anunciava um tal de Tablet PC há muitos anos. Outras grandes empresas também andaram fuçando o nicho mas quem saiu ganhando foram os “I” da maçã. Eles começaram pela beiradas no mercado da música digital (ipod), depois superaram outros celulares com os toques de tela e aplicativos (IPhone), e fecharam o cerco com um tablet matador (iPad).

A questão maior nesta vitória arrasadora não foi só o design, a tecnologia, a funcionalidade, mas todo um conjunto  embalado em um sentimento único, “paixão”.

Os macmaníacos sempre foram radicais apaixonados  e defensores de todas as gerações de Macs. Steve Jobs,com suas exigências “obsessivas”, buscou a perfeição e encontrou a fórmula: as pessoas amam a beleza, a simplicidade e facilidade de uso dos produtos Apple.

Bill Gates e muitos outros infelizmente não sabem criar um produto apaixonante como esse. Jobs soube embalar a tecnologia com carinho e levou o mundo dos computadores pra dentro de casa e para perto das pessoas.

Por isso todos amam e vão continuar babando por  seus produtos. Não é questão de marketing, é questão de “paixão” pelo que se faz e se produz. O resultado não podia ser outro.
Empresários e empreendedores, sigam o exemplo do mestre.

Ilustração - detalhe de imagem de  tsvevis

@robertotostes
publicado também na PontoMkt

Outro artigo meu sobre a Apple: A próxima Invenção de Steve Jobs

Postagens mais visitadas