O VALOR DE UMA MARCA





Nos tempos atuais, identidade é tudo. Para ser visto, entendido e reconhecido, é fundamental que a imagem e o nome da empresa sejam apresentados de forma profissional. 

Não é uma questão de estilo ou beleza, mas conteúdo e força, de comunicação simples e direta.

A identidade tem que traduzir tudo que a empresa, produto ou evento é, na essência.  O espírito, o perfil, sua proposta, o que vende.

Ë preciso condensar toda a informação colhida numa leitura visual de décimos de segundos.
Dar identidade é dar vida. 

Em marcas, não existe meio termo, nem mais ou menos. Ou ela impressiona ou cai no vazio. 

O criador da marca tem que ter um pouco de artista, e muito de observador para traduzir a alma do cliente, criar um produto que não será dele e terá vida própria. 

É a partir do branco que enfrenta-se o desafio de pesquisar, estudar, fazer e produzir algo real e palpável. 
Não há como não mergulhar de cabeça nisso,  perder e encontrar certezas. Seja na quinta ou na centésima versão; é preciso estar seguro de que chegou lá. 

Temos hoje a facilidade e a agilidade do computador, mas este processo humano de troca e descoberta, identificação e construção do resultado continua sendo intensamente humano, e depende igualmente dos dois lados, de quem faz e de quem aprova.

A angústia só acaba quando é apresentada  a proposta e a marca é aprovada pelo cliente.

Neste caminho de síntese e construção de uma marca qualquer detalhe pode fazer toda a diferença. 

O designer que criou a marca da Apple conta que Steve Jobs ficou em dúvida até o último momento sobre ter ou não a mordida da maçã no desenho. Daí saiu a característica única que a diferenciou de todas as maçãs existentes.

A cor e detalhes desta logo da Apple já evoluiu em forma e cores por muitos anos, mas sua essência e perfeição continuam intactas.

Todas as grandes marcas são simples e fortes, por isto resistem e tornam-se algo mais, parte de nossa cultura e de nossas vidas. 

A palavra diz tudo, marca é para marcar, deixar rastros, contar uma história.


publicado também no pontomarketing







Postagens mais visitadas